• Instituto Farol

COMO SUPERAR O ISOLAMENTO?

Estratégias para enfrentar a crise do COVID-19

Laura Kemp

Passamos por um momento delicado no qual práticas sociais e intervenções precisam ser reinventadas. Estamos fragilizados diante do confinamento que se faz indispensável e procuramos estratégias para juntos vencermos mais este desafio. Cada um em sua casa seguindo rigorosamente as indicações de isolamento social para evitar a transmissão do Coronavírus (COVID-19) e o mesmo questionamento: quando tudo isso vai passar? Quais aprendizados levaremos?

Nossos pequenos forçados a lidar com as perdas inerentes ao isolamento social, alterações bruscas na rotina, fechamento das escolas, impossibilidade de passear, ir à parquinhos, visitar familiares, brincar com outras crianças. A frustração causada pode muitas vezes ser expressa através de comportamentos desafiadores, como birras e agressões, decorrentes de dificuldades de comunicação ou de autorregulação emocional. E nós adultos, imersos neste turbilhão, ao mesmo tempo atravessados por sentimentos de angústia, insegurança, medo e incerteza frente ao futuro, nos vemos diante da responsabilidade de acolher nossos filhos e sermos seu porto seguro.

A crise atual impõe enormes desafios e exige criatividade para buscarmos soluções, visando restabelecer o equilíbrio. Neste sentido, o conceito de resiliência familiar nos ajuda a compreender o funcionamento das famílias diante de situações de adversidade. A resiliência diz respeito ao potencial de recuperação e crescimento das famílias para superar obstáculos. Frente ao diagnóstico de autismo, por exemplo, é comum que muitas famílias passem por momentos de tristeza, luto, negação, culpa, depressão, medo, para então entrarem em uma fase de recuperação e aceitação.

O que é apreciável da condição humana é que muitas famílias emergem destes momentos fortalecidas e o amor que mobiliza cada mãe e pai os levam a agir para garantir o pleno desenvolvimento de seus pequenos. No momento atual precisamos ser resilientes, refletir sobre estratégias para melhorar a relação familiar, cuidar da saúde física e emocional, reorganizar a rotina diária, dar previsibilidade aos pequenos e construir uma rede de apoio social, ainda que virtual.

Nós do Instituto Farol nos emocionamos a cada novo dia de quarentena com as mães e pais adotando posturas resilientes e assumindo o lugar de terapeutas para dar continuidade à rotina de intervenção de seus filhos. Estamos juntos no mesmo barco, reconhecendo forças, limitações, conquistas e criando novas possibilidades. Nos próximos posts daremos dicas de estratégias familiares, brincadeiras e atividades para realizar com as crianças neste período.

REFERÊNCIAS

ROGERS, S. L.; DAWSON, G.; VISMARA, L.A. (2015). Autismo: Compreender e agir em família. Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Ltda.

WALSH, F. (2012). Family resilience: Strengths forged through adversity.

#isolamento #InstitutoFarol #coronavirus #autismo #covid19 #rotina #intervenção #resiliênciafamiliar

0 visualização

Telefone: (48) 3085-0005

E-mail: contato@institutofarol.com

Endereço: A. Pequeno Príncipe, 1482
Campeche, Florianópolis - SC - 88063-000

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

FAROL NAS REDES SOCIAIS

© 2020 Instituto Farol